Domingas Gouveia de Carvalho
Domingas

Biografia:

Nascida no coração do Quilombo Rural de Barro Alto, Goiás, em 18 de junho de 1971, Domingas Gouveia de Carvalho, carinhosamente conhecida como Domingas Quilombola, é um símbolo de luta e resistência. Filha de Ilda Borges Geralda de Sá e Melanio Gouveia de Sá, Domingas é a quarta dentre oito irmãos e uma figura materna orgulhosa de duas filhas, Raiane Jéssica e Thais Lorraine, além de ser avó carinhosa de Maria Beatriz, Maria Cecilia e Maria Julia. Residente da cidade de Uruaçu, Domingas iniciou sua jornada ativista em 2006, imergindo-se nos movimentos negros e sociais, uma paixão que definiu o curso de sua vida. Sua formação como Pedagoga e Professora de Saberes Tradicionais a levou a fundar a comunidade quilombola João Borges Vieira em Uruaçu no mesmo ano, marcando o início de uma era de advocacia e liderança. Sua trajetória é adornada com realizações significativas, como a Presidência da Comunidade Quilombola João Borges Vieira, de 2012 a 2020. Esta experiência forjou o caminho para sua entrada na política partidária, culminando na sua eleição como vereadora pelo Partido Solidariedade na Câmara Municipal de Uruaçu, em 1º de janeiro de 2021. Domingas se posiciona como uma defensora incansável dos direitos do seu povo quilombola e da população uruaçuense em geral. Seu compromisso com a busca por recursos, moradias dignas e projetos que priorizem o bem-estar comunitário transformou-se na força motriz de sua atuação política. Além disso, ela destaca-se por sua fé católica, que guia suas ações com proteção e direcionamento divinos, especialmente dentro do cenário político. Atualmente, enquanto vereadora, Domingas continua a dedicar-se à melhoria da qualidade de vida em Uruaçu, participando ativamente nas atividades da comunidade quilombola e legislando em prol de toda a população uruaçuense. Sua história é um testemunho da força da determinação e do compromisso com a justiça social, fazendo dela não apenas uma líder política, mas também uma inspiração para muitos.

Competências:

Regimento Interno – Art. 64 – Compete ao Vereador: I– Participação de todas as discussões e deliberações do Plenário; II – Votar na eleição da Mesa e das Comissões; III – Apresentar proposições que visem ao interesse coletivo; IV – Concorrer aos cargos da Mesa e das Comissões e delas participar; V – Usar da palavra em defesa ou oposição as proposições apresentadas á deliberações do Plenário. Art. 65 – São deveres do Vereador: I – Apresentar declaração de bens no ato da posse e no termo do mandato; II – Comparecer a todas as sessões decentemente trajado e na hora regimental; III – Votar as proposições, submetidas a deliberação da Câmara, salvo se tiver interesse pessoal na mesma, caso em que deverá se abster de votar, sob pena de nulidade da votação quando seu voto for decisivo; IV – Obedecer as normas do presente Regimento, quando do uso da palavra; V – Residir no território do município; VI – Propor á Câmara todas as medidas que julgar necessária aos interesses do municípios e á segurança e bem estar dos munícipes, assim como impugnar as que lhe pareçam contrárias do interesse da comunidade.
Pular para o conteúdo